Outubro Rosa: Unidades de Saúde de Santa Cruz atenderão em período estendido

Objetivo é realizar exames para mulheres das 17 às 21 horas em dias especiais

Home » Notícias, Regional » Outubro Rosa: Unidades de Saúde de Santa Cruz atenderão em período estendido

11/10/2017 17:10 - Atualizado em 11/10/2017 17:10

Durante os dias 18,19 e 20 de outubro, as Unidades Básicas de Saúde estarão atendendo das 17 às 21 horas, um horário diferenciado para atender a todas as mulheres que queiram solicitar mamografia e realizar coleta de exame Papanicolau. Durante este período também será realizado o acompanhamento de saúde dos usuários cadastrados no Programa Bolsa Família do município, as famílias deverão comparecer nas Unidades de Saúde munidos do cartão Bolsa Família, carteira e vacinação das crianças e cartão SUS.

Na Unidade de Saúde Familiar de Caporanga o atendimento especial acontecerá nos dias 18 e 20 de outubro das 16 às 19 horas e na Unidade de Saúde Familiar de Sodrélia no dia 19 também das 16 às 19 horas.

O Outubro Rosa é um movimento popular reconhecido internacionalmente, com o objetivo de disseminar a importância da prevenção do câncer de mama. Atualmente é comemorado em todo o mundo e o nome remete à cor do laço rosa que simboliza, mundialmente, a luta contra o câncer de mama. Também durante todo mês de outubro as mulheres maiores de 50 anos, poderão procurar as enfermeiras nas Unidades Básicas de Saúde para solicitação de mamografia.

O objetivo da campanha segundo o Secretário Municipal de Saúde é sensibilizar mulheres para a importância da prevenção e detecção de novos casos na fase inicial da doença, promovendo assim, o diagnóstico precoce e o tratamento necessário para se viabilizar a cura reduzindo assim a incidência de óbitos por câncer.

Câncer de Mama
É um tumor resultante da multiplicação de células anormais da mama. Há vários tipos de câncer de mama. A maioria dos casos tem boa resposta ao tratamento, principalmente quando diagnosticado no início. Não há uma causa única para o câncer de mama, fatores hormonais, ambientais, comportamentais e genéticos aumentam o risco de desenvolver a doença. O risco aumenta com a idade, sendo maior a partir dos 50 anos.

Os sinais e sintomas do câncer de mama são: caroço fixo, geralmente indolor; pele da mama vermelha ou parecida com casca de laranja; alterações no bico do peito; saída espontânea de líquido de um dos mamilos; pequenos nódulos no pescoço ou na região embaixo dos braços. “Examine seus seios mensalmente, a melhor época é sempre após a menstruação, e procure uma Unidade de Saúde se notar algum caroço ou endurecimento na mama, alteração na pele ou secreção mamilar”, recomenda.

Recomenda-se que mulheres de 50 a 69 anos façam uma mamografia a cada dois anos, mesmo sem terem notado alterações nas mamas. Esse exame chama-se “mamografia de rastreamento”. Mulheres que tenham mãe, irmã, filha com história de câncer de mama antes dos 50 anos ou de câncer de ovário devem conversar com o médico para avaliar seu risco e decidir a conduta a seguir.

Para reduzir o risco de desenvolver câncer de mama é recomendável manter o peso corporal adequado, praticar atividade física e evitar o consumo de bebidas alcoólicas. Amamentar também é um fator de proteção. As mulheres devem estar atentas às mamas, no dia a dia, para que possam reconhecer suas variações naturais e identificar as alterações suspeitas. “Dia Rosa: Imagine você acordar e tendo como compromisso cuidar da sua saúde! Este será o seu „Dia Rosa‟, momento ideal para visitar uma Unidade de Saúde e fazer aqueles exames de rotina, incluindo claro, a mamografia para se prevenir do câncer de mama. Eleja o seu dia rosa: o dia de cuidar da sua saúde mulher!”, finaliza o secretário.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll to top