Proteção Animal: AOPA foi oficialmente fundada nesta sexta, 28

Home » Regional » Proteção Animal: AOPA foi oficialmente fundada nesta sexta, 28

03/12/2014 15:12 - Atualizado em 03/12/2014 15:12

Ourinhos deu mais um passo para assegurar os direitos dos animais. Foi fundada oficialmente nesta sexta-feira, 28/11, a AOPA – Associação Ourinhense de Proteção Animal. A solenidade aconteceu na Câmara Municipal e contou com a presença de autoridades e apoiadores da causa.

Fizeram parte da Mesa Diretora os médicos veterinários Dr. Alcides Benedito Lemes da Silva e Dr. Luiz E. Volpato Jr., o presidente da ADAO – Associação Defensora dos Animais de Ourinhos – Wellington Aparecido da Silva, o advogado Dr. Luciano Nogueira dos Santos e o presidente do Sindicato dos Tapeceiros de Ourinhos Renato Skolses.

A presidente da entidade, Márcia Silva, abriu a cerimônia. “A criação da AOPA se deu por iniciativa de um grupo de pessoas interessadas em combater os maus tratos contra os animais. Nada mais que isso. A conscientização de todos é uma peça fundamental para o sucesso das ações que planejamos realizar no município. Para isso é muito importante agregarmos parcerias e realizarmos campanhas educativas. Queremos unir forças com o setor privado e com o terceiro setor. O poder público e a sociedade também são elos fundamentais desta corrente do bem que pretendemos formar. Somente assim conseguiremos amenizar o sofrimento dos animais, através do combate aos maus tratos e o abandono”, pontuou.

Na sequência, o consultor jurídico Dr. Márcio Antonio de Lima Silva salientou que a população deve denunciar os crimes de maus tratos às autoridades. “A AOPA pede a população que ao presenciar qualquer ocorrência ou negligência contra os animais que denuncie o caso às autoridades competentes. Qualquer ato de maltrato envolvendo um animal deve ser denunciado às autoridades”. Porém, alertou que a denúncia deve ser fundamentada. “É necessário certificar-se que a denúncia é verdadeira, pois a falsa denúncia é crime, conforme preceitua o Código Penal Brasileiro”.

O Responsável técnico da entidade, o médico veterinário Dr. Luiz E. Volpato Jr., enfatizou que as campanhas de conscientização são primordiais para o sucesso dos projetos da associação. “Estes animais errantes estão hoje na cidade por falta de orientação da população. Então, nós estamos dispostos a ir às escolas, encenar teatros, fazer palestras, produzir cartilhas educativas e realizar feiras de filhotes”.

O Dr. Alcides Lemes ratificou as palavras do colega. “A AOPA veio para conscientizar a população que todos nós temos o compromisso de orientar com o intuito de proteger os animais, combatendo o abandono e os maus tratos”.

Para o presidente da ADAO, Wellington Silva, campanhas de periódicas de castração e vacinação de cães e gatos são necessárias. “Todos os animais que não são vacinados estão sujeitos a contrair doenças. Também é importante a castração, pois é muito difícil conseguir adotantes, principalmente para gatos. Por isso é importante a conscientização de todos. Não é tão caro cuidar preventivamente de um animal”, destacou.

O responsável pelo Departamento de Comunicação da AOPA, José Carlos Vieira, agradeceu a presença de todos e colocou em votação a fundação da associação, bem como o estatuto e a diretoria para o biênio 2015/2016. Os três itens foram aprovados por unanimidade pelos presentes. “Quanto mais entidades e pessoas interessadas em ajudar, melhor para os animais. Vamos fazer de Ourinhos uma cidade que respeita os seus animais”, declarou.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll to top