Prefeitura de Ourinhos descumpre promessa e abandona área que seria doada a servidores

Home » Regional » Prefeitura de Ourinhos descumpre promessa e abandona área que seria doada a servidores

03/07/2014 14:07 - Atualizado em 03/07/2014 14:07

O Governo de Ourinhos traiu a confiança dos servidores municipais. Muitas foram às promessas de valorização da classe que nunca saíram do papel para insatisfação e revolta dos trabalhadores.

A gota d´água foi o compromisso assumido em fevereiro deste ano. Em reunião com a diretoria do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais e Autárquicos de Ourinhos, a prefeita Belkis garantiu que estava tomando as providências para cessão de uso do terreno localizado no Jardim das Paineiras, onde seria construída a sede social do Sindicato.

O local, que abrigava a antiga associação de moradores do bairro, encontra-se em situação deplorável, literalmente “caindo aos pedaços”. Moradores da região temem pela segurança e reclamam que a área vem sendo utilizada por usuários de drogas, além de depósito de lixo e criadouro de animais peçonhentos que já foram capturados no local.

Devido ao abandono por parte da prefeitura, o Sindicato dos Servidores propôs uma revitalização geral do espaço, custeada pela própria entidade para evitar ônus ao erário. A ideia seria a construção de um moderno centro de convivência dos servidores, com área de lazer para confraternizações e para práticas esportivas. Para custeio da reforma, o Sindicato conquistou emenda parlamentar da Assembleia Legislativa no valor de R$ 200 mil. A Câmara Municipal também propôs à Administração, através de indicação, que esta destinasse, do cheque proveniente do saldo do duodécimo, o valor de R$ 100 mil para o custeio da construção da sede social, o que até o momento não ocorreu.

Além de beneficiar os servidores, o centro de lazer também foi colocado à disposição da prefeitura pelo Sindicato para realização de projetos sociais, o que beneficiaria toda a comunidade. “A ideia seria transformar um local esquecido pelo poder público em um espaço para que toda a população pudesse usufruir e, principalmente, valorizar aquela região que está completamente abandonada. Vários projetos com crianças e adolescentes do bairro poderiam ser colocados em prática, se não fosse a inércia da prefeita municipal”, lamentou presidente do Sindicato, Edinilson Ribeiro.

Como o projeto foi deixado de lado, os servidores foram mais uma vez prejudicados por esta Administração. “A situação é lamentável, estamos nos sentindo desprestigiados pela administração, que está abrindo mão de um recurso que viria de encontro a um grande pleito dos servidores que é a construção da nossa sede social. Tivemos que correr atrás da verba para não gerar despesas à prefeitura, mas todo esse trabalho foi em vão. É um grande descaso da senhora prefeita que, mais uma vez, não cumpriu sua palavra e virou as costas não só para nós, servidores, mas também para os moradores do Jardim das Paineiras que continuarão a viver com o abandono”, concluiu o sindicalista.



whatsapp_jornalismo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll to top