João Doria (PSDB) será o governador de São Paulo pelos próximos quatro anos. O tucano venceu a apertada disputa em segundo turno contra Marcio França (PSB) pelo governo paulista.

Candidato mais votado no primeiro turno, Doria também liderou as pesquisas de intenção de voto para o segundo turno durante toda a campanha. Entretanto, os dois últimos levantamentos divulgados antes da votação, neste sábado (27), mostraram que França estava numericamente à frente do tucano. A tendência, no entanto, não se confirmou nas urnas.

Com um discurso contra a esquerda, o futuro governador paulista fez toda sua campanha no segundo turno colado em Jair Bolsonaro (PSL), tentando atrair os votos dos simpatizantes do capitão reformado. Em diversos momentos, ele afirmou que sua política econômica será parecida com a de Paulo Guedes, guru de Bolsonaro na área, e defendeu a isenção de impostos e prometeu trabalhar para atrair investimentos do exterior para o estado.

Este será o segundo cargo eletivo de João Doria. O empresário embarcou na política em 2016, quando concorreu à prefeitura de São Paulo e venceu o pleito ainda no primeiro turno. Neste ano, ele deixou o cargo para disputar o governo estadual. Doria saiu da prefeitura da capital paulista com 18% de aprovação e 47% de rejeição, segundo o Datafolha.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here