Casos de Aids caem no mundo, mas aumentam 11% no Brasil

Home » Notícias » Casos de Aids caem no mundo, mas aumentam 11% no Brasil

17/07/2014 10:07 - Atualizado em 17/07/2014 10:07

O Brasil figura numa lista de 15 países responsáveis por 75% de novo casos de contágio do vírus HIV no mundo.

Só ano passado, 44 mil brasileiros foram infectados pela doença – um crescimento de 11% em oito anos, segundo relatório anual divulgado ontem pelo Unaids (Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/Aids).

O índice no país vai na contramão da tendência registrada em todo o mundo, que teve uma redução de 27,5% entre 2005 e 2013. O Brasil responde por 2% das novas infecções mundiais e 47% dos casos na América Latina.

Atualmente, 35 milhões vivem com o vírus do HIV – a maioria mora na África. As Nações Unidas alertam que 19 milhões desconhecem que contraíram a doença.

A Aids respondeu por 1,5 milhão de mortes no ano passado, 16 mil apenas no Brasil.

Causas
O relatório aponta diversos fatores para a contaminação. A exceção do uso de drogas injetáveis, todas as demais causas estão associadas a uma prevenção inadequada durante as relações sexuais entre os chamados grupos vulneráveis, como homossexuais, travestis e prostitutas.

Por outro lado, a redução de novos casos, de acordo com o Unaids, seria consequência da ampliação no acesso a tratamentos com o uso de antirretrovirais. Em 2013, um total 13,9 milhões de pessoas usaram os coquetéis de medicamentos para inibir o avanço do HIV, número equivalente a 37% do total de infectados pelo mundo.

O Unaids está empenhada na erradicação da epidemia de Aids nos próximos 16 anos, até 2030. Para isso, trabalha para evitar 8 milhões de novas infecções por HIV e 11,2 milhões de mortes. A barreira ainda é o investimento em prevenção e combate a doença.



whatsapp_jornalismo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll to top