Caso Sueli Feitosa: Segundo MP possibilidade de Delação Premiada diminuiu muito

A promotoria não tem interesse mais depois da confissão pública

Home » Notícias, Regional » Caso Sueli Feitosa: Segundo MP possibilidade de Delação Premiada diminuiu muito

19/05/2017 09:05 - Atualizado em 19/05/2017 09:05

As informações reveladas durante a colaboração pública feita por Sueli Feitosa na última quarta-feira (17), serão investigadas pelo Ministério Público e pela Polícia Civil depois que forem apresentadas oficialmente. O promotor de justiça do caso Reginaldo Garcia diz que as investigações contra os eventuais suspeitos podem ser prejudicadas.

Segundo Garcia, dificulta porque se realmente uma das pessoas citadas tiverem a participação nos fatos, as provas poderão ser destruídas. Isso então prejudicou muito a investigação policial e no Ministério Público.

Ainda de acordo com o promotor de justiça, a possibilidade de Delação Premiada diminuiu muito, com a apresentação das declarações do advogado de defesa da ex-tesoureira. Inclusive hoje a promotoria não tem interesse mais depois dessa confissão pública de trazer outros elementos que sejam diferentes dos apresentados.

Polícia Civil
O rumo das investigações na Polícia Civil também devem sofrer reflexos, pois se forem apresentadas provas das declarações de Sueli Feitosa, as suspeitas devem ser apuradas em um 2º inquérito, que estava previsto para ser instaurado. Nessa nova investigação será apurado se houve a participação de mais pessoas nos desvios de dinheiro.



whatsapp_jornalismo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll to top